Vai começar a Contec México. Participe!

O mundo do livro passou (e continua passando) por muitas transformações, novos modelos de negócios surgiram e há diferentes opções trazidas pela tecnologia, novas ferramentas de marketing e estratégias inovadoras para trabalhar com eficiência e segurança nesses novos tempos.

Atualização é a chave para acompanhar as mudanças e uma boa oportunidade é participar da Contec México, nos dias 14 e 15 de junho. Mesas-redondas, palestras, conferências, debates e outras atividades fazem parte da programação do evento organizado pela Feira do Livro de Frankfurt com apoio do Goeth Institut, no Centro de Cultura Digital, na Cidade do México.

Destinada a editores, criadores de conteúdo educacional, criadores de games, editores universitários e acadêmicos, provedores de conteúdo e pessoas interessadas em atualizar seus conhecimentos, aprender as iniciativas inovadoras e discutir os desafios de sua implementação.

A proposta é abrir um fórum para que os profissionais do livro possam debater temas ligados à inovação e à tecnologia, ampliando contatos e criando novas oportunidades de negócios. Afinal, os livros não são mais os únicos suportes para conteúdo e hoje caminham ao lado de plataformas online, aplicativos, novos enfoques narrativos, ferramentas de leitura e aprendizagens interativos

Tudo isso mudou muito o papel da indústria do livro e seus autores, que cada vez mais sentem a necessidade de trocar experiências e incorporar novidades ao perfil de suas empresas. Também mudaram os modelos de negócios e de trabalho que devem se adaptar às necessidades do mercado.

Na coordenação do evento está Marifé Boix García, vice-presidente da Feira do Livro de Frankfurt, que ressalta a importância do evento: “Para assegurar o futuro do setor editorial e imprescindível a colaboração entre as editoras e as startups. Editoras tradicionais trazem experiência em gestão, enquanto representantes das startups mostrarão novas oportunidades de negócios para que ambos saiam ganhando. E o setor também se beneficia”.

Participantes e programação

Renomados profissionais do setor editorial vão fazer apresentações, participar de debates e encontros. Entre eles, Sven Fund (fullstopp.de), Matthias Matting (Self-Publisher-Bibel), Pia Cailleau (Bonnier/Carlsen), Olaf Bryan Wielk (Beemgee), Leander Wattig (ORBANISM), Dorothea Martin (Oolipo y Das Wilde Dutzend), Laura Kärppä (Kaiken Entertainment) y Daniela Geyer (

Entre os temas que serão discutidos está “Transmídia e Storytelling: como se conectar com o leitor”, analisando as bases para uma boa história e os diferentes meios para continuar essa história.

Outros assuntos interessantes:  “O segredo da inovação segundo Sven Fund”, fundador da empresa de consultoria fullstopp; “Iniciativas digitais no México”, com a reflexão de especialistas locais; “Oficina sobre o uso de metadatos”, chave para descobrir novos conteúdos editoriais na era digital; “Oficina sobre autoedição”, os novos papéis e canais de adição.

Haverá, ainda, o Concurso de Contos Beemgee - Ink it!, través del software de Beemgee. Ink it publicará o conto selecionado em sua plataforma e vai levar a 40 sites online de referência. A história vencedora será apresentada e analisada em uma oficina dirigida pelo criador da plataforma Beemgee, Olaf Bryan Wielk.

Contec México

Dias 13 e 15 de junho

Horário: Das 9 às 18 horas

Local: Centro de Cultura Digital, Paseo de Reforma s/n Esquina Lieja, Cidade do México

www.contec-frankfurt.com

O programa está disponivel em www.contec-frankfurt.com/programa

Facebook @ContecMexicoOficial, así como en los hastags #ContecMexico

 

 

Feira do Livro de Frankfurt tem programa de Fellowship

Até o dia 30 de abril estão abertas as inscrições para o programa de Fellowship da Feira do Livro de Frankfurt, que está entrando em seu vigésimo ano e é voltado especialmente para editoras, editores, agentes e gerentes de licenciamento internacionais. O projeto tem por objetivo o intercâmbio de experiências, a profissionalização e a internacionalização no meio editorial. Este ano será e de 1 a 15 de outubro de 2017. O programa inclui visitas a editores e livreiros em Frankfurt, Berlim e mais uma cidade, ainda a ser definida. Como parte da sua visita, que culmina com a participação na Feira do Livro de Frankfurt (11 a 15 de outubro de 2017), os participantes aprendem sobre vários mercados de livros, participam de eventos do setor e expandem sua rede. Os candidatos devem ter vários anos de experiência na indústria editorial e um bom domínio do inglês. O formulário de candidatura e outras informações para os interessados estão disponíveis online.

Fundação Lemann e o Google lançam projeto para professores

Cerca de um milhão de professores de todo o Brasil nos próximos cinco anos serão beneficiados pelo projeto lançado pela Fundação Lemann (na foto, l presidente Jorge Lemann) e o Google.org para professores do Brasil inteiro. A plataforma digital, liderada pela Associação Nova Escola, oferece milhares de planos de aulas digitais, vídeos e outros materiais, para ajudar professores de todo o país a criar experiências de aprendizado mais ricas para seus estudantes. Este será o primeiro conjunto de recursos pedagógicos alinhados à Base Nacional Comum Curricular. O projeto, que será viabilizado por uma doação de 15,8 milhões de reais do Google.org, braço filantrópico do Google, foi anunciado hoje durante o “Google for Brasil”, evento realizado em São Paulo. Nova Escola, foram selecionadas para esta primeira etapa.

Cúpula Mundial para a Inovação em Educação será em novembro

A Cúpula Mundial de Inovação Em Educação (WISE, a sigla em inglês),  a iniciativa que promove a inovação e a colaboração em Educação, confirmou o tema central de sua próxima edição: “Coexiste – Cocrea: Aprendiendo a vivir y a trabajar juntos” e acontecerá em Doha (Qatar) de 14 a 16 de novembro. O tema deste ano reflete o objetivo da WISE de abordar os desafios educacionais mais importantes, especialmente nestes tempos de incerteza econômica, migrações em massa, crescente desigualdade e rápida mudança tecnológica, segundo os coordenadores.
Leia mais em espanhol

Blogs, a ferramenta educativa ganha força nas aulas

 

Web-Log. O termo foi usado pela primeira vez em 1997 pelo escritor americano, Jorn Barger, editor do Robot Wisdom blog, para se referir a um jornal online em que seu autor pode sempre atualizá-lo. Então as palavras se fundiram e se tornou um: Blog. De acordo com a sua definição, um blog é hoje um site que permite entradas de publicação instantânea (post), além da possibilidade de que aqueles que lêem estas informações podem escrever seus comentários. Em termos educacionais, blogs rapidamente ganharam um lugar de destaque para o ensino e aprendizagem, especialmente por sua capacidade de atualização, interação e, especialmente, a capacidade de publicar serviços de conteúdo web 2.0, tais como áudio, vídeo, animações, documentos, apresentações, mapas, inquéritos, cronogramas, mapas de conceitos, exercícios interativos, entre outras funções., diretor de Planetaria.co, pesquisador e professor.
Leia mais em espanhol

Metabooks

A Feira do Livro de Frankfurt e a MVB, empresa coligada da Feira, em sociedade com a Câmara Brasileira do Livro (CBL), estão trazendo para o Brasil a plataforma de metadados Metabooks, que está no mercado editorial alemão há mais de 45 anos. Construída com as mais modernas tecnologias, a plataforma atende atualmente 22 mil editoras e mais de 2 mil livreiros, varejistas, distribuidores e atacadistas na Alemanha, Áustria e Suíça, e conta com 2,1 milhões de títulos ativos cadastrados — além de outros mais de 3 milhões inativos. O Metabooks Brasil trabalha para se tornar o banco de dados unificado do mercado brasileiro, sendo um ponto de entrada único para os editores. O sistema será lançado oficialmente na Bienal do Livro de São Paulo, no dia 26 de agosto, às 18h, mas os primeiros testes já começaram e grandes empresas do mercado estão em negociações avançadas para operar com a plataforma. Você pode conhecer melhor o Metabooks Brasil no site www.metabooks.com, ou pode entrar em contato diretamente pelo email info@metabooks.com para pedir mais informações.

Boletim atual: 07/06/2017

A escola deve incluir HQs nas aulas?

“Sim, é um meio, uma linguagem com uma capacidade incrível de atingir e transmitir ideias. Com essa facilidade e esse potencial visual, as HQs representam um meio ideal para ser introduzido na escola, em diferentes abordagens e em muitas disciplinas, da História à Matemática, além de um recurso para ser trabalhado por professores e estudantes.

Álvaro Pons, crítico de quadrinhos em Barcelona

A Contec México está chegando
No Brasil, mais de 2,8 milhões de crianças e adolescentes de 4 a 17 anos estão fora da escola. Pensando nisso, UNICEF, Instituto TIM, UNDIME) e CONGEMAS lançaram a Busca Ativa Escolar (buscaativaescolar.org.br)

3 formas de inovar nas aulas de Ciências com tecnologias digitais
Pelo caráter experimental da disciplina, é possível engajar os alunos com experimentos focados na investigação e desenvolver habilidades para o trabalho em grupo, como a colaboração e a criatividade.

Edtechs precisam ter mais do que uma boa ideia para atrair investidores
O que realmente conta na hora de investir em uma empresa de tecnologia educacional? Essa resposta nem sempre está clara para quem atua no mercado de edtechs e precisa correr atrás de recursos.

BookExpo de 2017: O futuro da Publicação é agora
Provavelmente a melhor coisa que podemos tirar do painel The Future of Book Publishing é que o futuro do nosso mercado não está distante; na verdade está acontecendo aqui e agora.

Cortázar em traços
Aparecer em um quadrinho é algo próximo da imortalidade, declarou em alguma ocasião Julio Cortázar. Por isso, talvez, seu “Fantomas contra los vampiros multinacionales”, um comic hoje esquecido da sua obra.

Leia mais

CONTEC BRASIL

CONTECO que são as conferências CONTEC?
A CONTEC Brasil incentiva discussões sobre a incorporação de novas tecnologias na sala de aula, o treinamento de professores, e a mídia digital e as redes sociais na alfabetização.
Palestras e painéis de discussão exploram a influência cada vez maior do livro digital na produção editorial tradicional, os desafios da produção crossmedia e o poder da mídia social.

Startup foca na inovação editorial e lança aplicativo

A StoryMax é uma startup publicadora de app books – livros digitais interativos para tablets e smartphones – focados no público jovem. Na visão da StoryMax, os app books equilibram leitura e interatividade na medida certa e engajam crianças e jovens por meio de diferentes linguagens, colaborando para o entendimento do lido e o envolvimento com a narrativa. A startup abraça clássicos, narrativas populares e poemas e, com a colaboração de diversos autores, oferecem novas roupagens a eles, atualizando sua relevância para os leitores do século XXI. A coleção Nova Perspectiva, tem como tema os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU. Cada um dos objetivos recebe um app dedicado, com uma história universal, conteúdo informativo e atividades criadas em parceria com o Sesi Paraná.
Leia mais

UNESCO lança livro so para avaliar uso de tecnologias na educação

Em parceria com a Fundação Telefônica Vivo, a Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO) lançou nesta semana (20) o livro “Experiências Avaliativas de Tecnologias Digitais na Educação”. A publicação aborda iniciativas do Brasil, França, Chile, Uruguai e Argentina para medir o impacto das novas tecnologias de informação e comunicação (TICs) em projetos pedagógicos. Com o volume, a agência da ONU e seu parceiro esperam fomentar o debate sobre a importância de monitorar programas de educação relacionados ao mundo digital. A publicação reúne as vivências de especialistas nos diferentes países. O objetivo do livro é auxiliar na descoberta de qual são os custos e benefícios reais da introdução de novas tecnologias em sala de aula. O livro pode ser acessado gratuitamente pela internet. Confira a publicação clicando aqui.
Leia mais

 

Um aplicativo para compartilhar suas frases literárias favoritas

É difícil encontrar alguém que não tenha cruzado com uma frase memorável ao ler um livro, aquelas que não saem da cabeça. “Quando nós encontramos uma frase que gostamos há uma tendência natural para compartilhar isso. Mas há sempre uma série de problemas… ”, disse Jose Miguel Merlo, um empresário de 43 anos, que desenvolveu com o seu sócio, Antonio Jesus Molina, o Pickingideas, um aplicativo para facilitar a vida de quem quer compartilhar uma frase de uma leitura. Por enquanto, o download do aplicativo está disponível apenas para smartphones Android e você tem que solicitar o acesso a uma comunidade de Google Plus. Dentro de algumas semanas, o download do Pickingideas será aberto para o público.
Leia mais em espanhol