CONTEC BRASIL

Hotspot Education 2011 29672

O que são as conferências CONTEC?

A CONTEC Brasil incentiva discussões sobre a incorporação de novas tecnologias na sala de aula, o treinamento de professores, e a mídia digital e as redes sociais na alfabetização.

Palestras e painéis de discussão exploram a influência cada vez maior do livro digital na produção editorial tradicional, os desafios da produção crossmedia e o poder da mídia social.

Os nossos palestrantes falam..

Canoas Anna Penido

“Por que inovar? É apenas para estar na moda? Para nós do Inspirare, inovar na educação é criar condições para que os processos de aprendizagem se realizem. É importante entender quais são as expectativas desses alunos”. Comentando dados de uma pesquisa recente feita com jovens brasileiros e de outros países, Ana disse que eles querem da educação é que ajudem a empreender, que os preparem para o mercado de trabalho, que os ajudem a construir um mundo melhor. Eles querem uma educação que desenvolva a criatividade e a capacidade de inovação para atender as mudanças, que extrapole o mundo da sala de aula. Podemos aprender a todo momento e a tecnologia é parte da vida desses jovens, é um instrumento mesmo para aqueles que vivem em comunidades vulneráveis, que os ajudem a se realizar e ser felizes. . A educação não é para ir bem na prova, tem que ser para ir bem na vida.”

Ana Penido, Instituto Inspirare.

CONTEC BRASIL

Belo Horizonte
Comprometimento, Atualização e Envolvimento: a chave para a educação de hoje
18 de novembro de 2014 - Bienal do Livro de Minas

Mídias sociais, games, novas plataformas e até a democracia na escolha dos livros para a escola foram temas durante a CONTEC Brasil Belo Horizonte com cerca de 250 participantes.
O evento, realizado pela quinta vez no Brasil, mostrou que a leitura ainda é a chave para a obtenção de uma boa educação, mas há muitos outros meios para a aquisição de conhecimento que devem ser utilizados pelos professores para despertar o interesse dos alunos.


Boletim atual: 25/03/2015

20150325 Edson 230x160

Festival de Quadrinhos e o mercado
“Apesar da queda de publicações no mercado editorial nos últimos anos, os quadrinhos independentes têm crescido muito graças, principalmente, à qualidade das edições e dos diversos eventos que têm ajudado a aproximar o publico dos autores. Poderia ser melhor? Com certeza. Principalmente em relação à formação de novos leitores. Temos uma nova geração descobrindo outras maneiras para publicar seus quadrinhos. As escolas devem adotar os quadrinhos no currículo escolar para ajudar na formação de um novo público. Com a diminuição do número de bancas e a imigração da venda dos quadrinhos para livrarias, lojas especializadas e Internet, é fundamental que os quadrinhos encontrem outros meios para a formação de novos leitores. E é normalmente na infância que a pessoa aprende a ler quadrinhos. Dificilmente uma pessoa passa a ler quadrinhos só depois de adulto.”
Edson Diogo, é designer gráfico e organizador do Festival Guia dos Quadrinhos.

Para entender melhor o mundo geek
“Como fãs e nerds mudaram o mercado editorial”, realização do PublishNews é o curso programado para os dias 22 e 23 de maio na Livraria Martins Fontes Paulista, em São Paulo.

Mudando os hábitos: educação por diversão
Nova tendência: o que significa quando pessoas que podem gastar seu tempo como quiser têm prazer em sentar-se em frente a uma TV para assistir horas de teoria física ou experts em outros temas?

O teste PISA avaliará também a capacidade crítica dos alunos
Os alunos do futuro (os de amanhã) deverão ter espírito crítico, ser criativos, ser bons comunicadores e estar capacitados para trabalhar em equipe. Além disso, devem dominar as competências básicas e provar as qualidades de caráter.

Jogo virtual traz reforço de Português e Matemática para estudantes
A Secretaria da Educação do Estado de São Paulo implantou um programa de reforço escolar com apoio de recursos tecnológicos inéditos que poderão ser utilizados pelos professores a partir de abril.

Publicar livros para crianças que fazem diferença
Adolescentes de jovens querem livros que leve assuntos sérios a sério, livros que os leve a sério tanto como leitores quanto como pessoas. Esta informação vem de pais, bibliotecários, livreiros e professores.
Leia mais

Parceiros da CONTEC Belo Horizonte